Arquivos do mês setembro 2016

A experiência de um Político e Psiquiatra a Serviço da Comunidade Carioca

Gerson Bergher decidiu-se pela medicina, entre outros motivos, por seu pendor pela ação imediata a favor do próximo e de sua comunidade. Com disposição incomum para realizar, materializar os desejos por uma sociedade mais justa, inclusiva e segura, a vida acabou o direcionando para a atividade parlamentar, onde aperfeiçoou sua natural vocação para a oratória e liderança, representando especialmente os interesses das comunidades mais carentes e da comunidade judaica carioca.

Nos mais de 40 anos de clínica psiquiátrica, somados a mais de 60 anos de representação política, além de seu ingresso, pelas mãos de sua amiga Edna Savaget, no mundo da televisão, quando teve seu mandato de Deputado Estadual cassado pelo regime militar, Gerson Bergher colecionou experiências enriquecedoras, que dividiu prazeirosamente com os que o acompanharam, pela telinha ou pessoalmente, por tantas e tantas jornadas.

Aqui poderemos relembrar alguns de seus conselhos e alertas, em crônicas apresentadas em alguns dos mais de 500 programas Eu & Você, que produziu e participou.


Leia mais

Esposa, Companheira e Discípula

Casados desde 1984, Gerson e Teresa Bergher passaram a ser referência, como casal, na política carioca, tanto no trabalho incessante junto às comunidades mais pobres do Grande Rio, como o Complexo da Maré, Complexo da Penha, Cidade Alta, Morro do Cruz, Cantagalo, Chapéu Mangueira e Babilônia, entre outros, quanto nas instituições judaicas representativas do nosso estado, como a FIERJ (Federação Israelita do Estado do Rio de Janeiro), WIZO (Women’s International Zionist Organization), Na’amat Pioneiras, e Sinagogas.

Portuguesa de Viseu, Teresa Bergher também aproximou Gerson da comunidade a da cultura lusitana, com a realização anual da comemoração do Dia de Camões, na Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro. Tendo apoiado e participado ativamente das ações políticas e assistenciais do então Vereador Gerson Bergher, Teresa se tornou Sub-Prefeita da Maré e subsequentemente de Copacabana, sendo eleita vereadora do Rio de Janeiro, pela primeira vez, em 2008, já tendo cumprido dois mandatos e se posicionando como uma das mais ativas e respeitadas representantes do povo carioca.

Seguindo os ensinamentos do mais experiente e respeitado político fluminense, Teresa se destaca, cada vez mais, por sua intransigente defesa dos direitos de seus eleitores, mantendo sua independência para fiscalizar e cobrar do poder executivo o melhor e mais adequado uso dos recursos públicos. Mantém também as tradições de Gerson, ao representar a comunidade judaica carioca, no atendimento às suas necessidades e na reafirmação dos valores democráticos e culturais do povo judeu, realizando anualmente, na casa legislativa do Rio, as celebrações do Aniversário do Estado de Israel e da Semana Judaico-Brasileira, já realizadas, há mais de duas décadas, por seu inesquecível esposo e companheiro, Gerson Bergher.

Leia mais